terça-feira, 16 de outubro de 2018

Saudação de solidariedade e de apoio à luta dos VN



Companheiros (as)!

A APGVN – Associação Portuguesa de Guardas e Vigilantes da Natureza agradece a todos os companheiros que hoje se deslocaram a Lisboa para participar neste dia de luta pela dignificação, valorização e reconhecimento da carreira.
Enviamos uma saudação especial aos companheiros da Madeira que também se manifestaram em protesto e aos companheiros dos Açores que estão connosco nesta luta.
Certamente por não ter surgido oportunidade o documento que foi enviado para a FNSTFPS não foi divulgado aos participantes, pelo que o reproduzimos para vosso conhecimento:

Saudação de solidariedade e de apoio à luta dos Vigilantes da Natureza
Companheiras (os)!
Venho por este meio manifestar publicamente o meu total apoio à manifestação de 15 de outubro de 2018.
Saímos à rua em protesto pelo que nos é negado há muitos anos, este é mais um passo na caminhada rumo à vitória.
Quando lutamos nasce em nós uma expectativa de vitória.
Nunca nos deixámos intimidar e continuámos a lutar pela dignificação da carreira, pois a verdadeira derrota é nem sequer tentar.
Admiro muito a vossa coragem e a força que têm demonstrado ao longo dos anos pois têm enfrentado as adversidades de frente.
Sei que iremos triunfar e que nada nos derrubará, juntos vamos conseguir atingir as nossas metas.
Nunca desistimos em circunstância alguma, não existe obstáculo que a persistência não consiga derrubar.
Defendemos a dignificação e valorização da carreira e uma política de meio ambiente que compatibilize o desenvolvimento com a salvaguarda dos recursos naturais e a preservação das espécies.
Estou muito grato a todos os Vigilantes da Natureza que têm tido um papel significativo na minha vida, temos estado juntos nos momentos bons e menos bons, pois também estes são importantes e nos fazem mais fortes.
Nunca desistimos da luta, porque quanto maiores são os obstáculos, maior será a nossa conquista!
Lamento não estar presente neste importante dia de luta para a profissão, mas devido a compromissos inadiáveis, assumidos há muito tempo, não poderei estar junto aos meus companheiros de sempre.
Desejo o maior sucesso na obtenção dos nossos objetivos!
O Presidente da Associação Portuguesa de Guardas e Vigilantes da Natureza

Francisco Correia